PORTALRGNUTRI

COZINHA DO BRASIL: GOIÁS

junho 23, 2017

A formação alimentar tradicional goiana aconteceu entre séculos XVIII e XIX, a partir da fusão das técnicas culinárias dos índios, dos bandeirantes e dos tropeiros que chegavam em busca de ouro. Apesar de não ser muito famosa, a culinária de Goiás apresenta pratos icônicos:

? Arroz com pequi: um dos pratos mais tradicionais de Goiás é feito a partir cozimento do arroz com o pequi. Esta fruta possui o caroço coberto por uma polpa amarela que se deve roer, sem morder, pois, abaixo da polpa o caroço é envolto por espinhos que podem machucar a boca. Acredita-se que o hábito de comer pequi tenha vindo do norte e nordeste por meio das embarcações que desciam o rio Araguaia.

? Empadão goiano: uma versão da conhecida empadinha, mas, de recheio molhado em que originalmente se aproveitava as sobras de comida. Atualmente é comum rechear com carnes de vaca e frango, linguiça, queijo e uma espécie de palmito de sabor amargo chamado de guariroba.

? Pamonha: em Goiás, encontramos a pamonha à moda, que além do milho pode ser preparada com a linguiça, o pequi, a guariroba, o frango, entre outras combinações, além da versão doce também apreciada no local.


Referências Bibliográficas:

1. Kuwae CA, Monego ET, Fernandes JA. (Trans)Formações de Hábitos Alimentares dos Goianos. Ceres 2009; 4(1):33-41.

2. Superintendência Executiva de Cultura de Goiás. Disponível em: http://cultura.seduc.go.gov.br/cultura-em-goias/culinaria/. Acesso em 17 de Maio de 2017.