PORTALRGNUTRI

A importância dos carboidratos para o exercício físico

julho 14, 2017

A recuperação muscular é tão importante quanto a preparação do músculo para a realização de exercícios, e um nutriente considerado combustível para a atividade física é o carboidrato, principalmente quando se trata de exercícios prolongados, seja de alta intensidade ou contínua.
O carboidrato é armazenado nos músculos e no fígado na forma de glicogênio, e sua capacidade de armazenamento é limitada. Uma dieta deficiente em carboidratos reduz rapidamente o glicogênio muscular e hepático podendo reduzir o desempenho nos exercícios, apresentar quadros de fadiga, prejudicar a intensidade do treino ou competição e reduzir a função do sistema imunológico. Por estas razões, o planejamento da ingestão de carboidratos deve ser elaborado de acordo com as necessidades individuais de cada um, sendo recomendada uma dieta contendo entre 60 a 70% de seu total calórico em carboidratos.
Após a atividade física, o objetivo da ingestão de carboidratos é repor os estoques de glicogênio. Alimentos como batatas, massas, aveia e bebidas esportivas são boas fontes de carboidratos para a síntese de glicogênio muscular, sendo extremamente eficazes nas refeições que sucedem até as 6 primeiras horas após finalização do exercício, principalmente na primeira e segunda hora, consideradas o momento em que o corpo se encontra mais receptivo à absorção e armazenamento de energia. Durante dias consecutivos de competição, ou de treinamento intenso, recomenda-se que os atletas consumam carboidratos entre 15 a 30 minutos após o exercício com porções adicionais a cada 2-3h.
Mantenha uma alimentação equilibrada e balanceada e peça ajuda à um nutricionista para adequar o plano alimentar aliado às atividades físicas.

 

Referências bibliográficas
1. Australian Sports Commission. Carbohydrate – The Facts . Disponível em: http://www.ausport.gov.au/ais/nutrition/factsheets/basics/carbohydrate__how_much. Acesso em: 04 mai. 2016.
2. Fontan JS, Amadio MB. El uso del carbohidrato antes de la actividad física como recurso ergogénico: revisión sistemática. Rev Bras Med Esporte, São Paulo, 2016. 21(2):153-157.
3. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Rev Bras Med Esporte, 2009. 15(3):2-12.
4. Silva AL, Miranda GF, Liberali R. A influência dos carboidratos antes, durante e após-treinos de alta intensidade. Rev Brasil de Nut Esport, São Paulo, 2008. 2(10):211-224.
5. Silva LPO, Oliveira MFM, Caputo F. Métodos de recuperação pós-exercício. Rev. educ. fis. UEM, Maringá, 2013. 24(3):489-508.