PORTALRGNUTRI

Utilização dos Probióticos no Esporte

julho 23, 2017

A flora intestinal é composta por trilhões de bactérias residentes que podem fornecer efeitos benéficos ao hospedeiro, aumentando a resistência do organismo à presença de agentes patógenos e dificultando seu acesso à superfície intestinal, além de cumprir papel importante na biodisponibilidade de nutrientes e na manutenção das funções do trato gastrointestinal. A alteração da flora intestinal pode predispor o indivíduo a enfermidades como diarreias, fenômenos autoimunes, alergias, síndrome do intestino irritável e inflamações intestinais.
Em relação às atividades físicas, a saúde gastrointestinal é importante para a regulação e adaptação do organismo para os exercícios, já que essas condições exigem muito do organismo em termos de nutrientes, levando o praticante a uma redução de sua performance caso a ingestão e posterior absorção dos mesmos não seja adequada.
Práticas alimentares que promovam a boa saúde e o desempenho ideal são de interesse dos atletas, pois se o mesmo tiver uma alteração da flora intestinal, pode resultar no aumento das bactérias patogênicas, levando a uma menor síntese e absorção de nutrientes e diminuição do desempenho.
Esta situação pode ser regularizada com o uso de probióticos que visam adequar a microbiota intestinal, garantindo uma ótima absorção dos nutrientes e a melhoria da performance física do atleta. Alguns estudos concluíram que a administração de probióticos incrementa o sistema imune da mucosa em atletas de elite submetidos a treino exaustivos e sugerem que os probióticos teriam a capacidade de modular o impacto na função imune que ocorre logo após o exercício físico.

 

Referências bibliográficas
1. Aliberti J. Immunity and Tolerance Induced by Intestinal Mucosal Dendritic Cells. Mediators Inflamm, 2016.
2. Coppola MM, Gil-Turnes C. Probióticos e resposta imune. Rev. Ciência Rural, Santa Maria, 2004. 34(4).
3. Cummings JH, Macfarlane GT. Gastrointestinal effects of prebiotics. Br J Nutr., 2002. 87, supl. 2:S145-51.
4. Pyne DB et al. Probiotics supplementation for athletes – Clinical and physiological effects. European Journal of Sport Science, 2015. 15(1):63-72, 2015.