PORTALRGNUTRI

PAÍSES DA AMÉRICA LATINA FOMENTAM MAIOR PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR NAS COMPRAS PÚBLICAS

setembro 22, 2017

Membros de 8 países da América Latina, incluindo o Brasil, se reuniram em Bogotá nos dias 23 e 24 de agosto de 2017 para discutir a reestruturação de compras públicas e trocar experiências de modo a beneficiar a agricultura familiar. Apesar de as compras públicas envolveram uma série de produtos, o alimente é o primeiro da lista de compras! Por isso, o objetivo é estabelecer um percentual de cobertura dos mercados para a agricultura familiar
Segundo a FAO (Food and Agriculture Organization of United Nations), iniciativas deste tipo impulsionam economias locais, gerando benefícios para os agricultores familiares e à população de cada país em geral. Além disso, ampliam a saúde da população, através da melhora da qualidade da dieta, e valorizam as culturas locais, relacionadas ao resgate de produtos nativos, por exemplo.
Durante a reunião foram apresentados os avanços legislativos dos países participantes na criação, promoção e implementação desse tipo e incentivo. Atualmente, Brasil, Guatemala e El Salvador já fizeram progressos – os países estabelecem entre 30-35% para agricultura familiar nas compras públicas.

Referências Bibliográficas

Food and Agriculture Organization of United Nations. Disponível em: http://www.fao.org/in-action/programa-brasil-fao/noticias/ver/pt/c/1033947/. Acesso em 05 de setembro de 2017.
Nações Unidas Brasil. Disponível em: https://nacoesunidas.org/parlamentares-da-america-latina-e-caribe-discutem-inclusao-de-agricultura-familiar-nas-compras-publicas/. Acesso em 05 de setembro de 2017.