PORTALRGNUTRI

Farro: super grão

outubro 20, 2017

O farro é um cereal constituído pelos grãos de certas espécies de trigo. Foi um dos primeiros grãos empregados na culinária, era cultivado durante séculos na região do Mediterrâneo, no entanto, apesar de sua importância, após a queda do Império Romano, cereais mais produtivos foram desenvolvidos e seu cultivo entrou em declínio.
Este cereal tem coloração marrom clara similar à do trigo usado na farinha e à do trigo de “grano” duro. O que diferencia um do outro é a casca, que adere ao grão do farro durante a colheita, como ocorre com a cevada e com a aveia. Cultivado em toda a região central da Itália, o farro da área de Garfagnana, na Toscana, é famoso por seu sabor amendoado. Por ser muito resistente, costuma ser produzido sem utilização de pesticidas, o que faz com que ganhe adeptos entre os apreciadores de orgânicos.
O farro é uma excelente fonte de carboidratos complexos e, entre as variedades de trigo, é o que possui a maior quantidade de fibras e nutrientes como a vitamina B3 e zinco. Além de minerais e vitaminas, ele é rico em antioxidantes, lignanas e betaína que, quando combinado com a colina, auxilia a prevenir ou reduzir o estresse causado pela inflamação.
É vendido seco e é preparado por cozimento em água até ficar macio, mas ainda crocante (muitos recomendam primeira imersão durante a noite). Pode ser consumido sozinho, embora seja muitas vezes usado como um ingrediente em pratos como saladas e sopas.
Informações nutricionais do farro:

Farro_imagem

*Valores com base em uma dieta de 2000 kcal

Referências bibliográficas
1. FOODNAVIGATOR. Especial Super Grãos: Farro. Disponível em http://www.foodnavigator-usa.com/Markets/10-ancient-grains-to-watch-from-kamut-to-quinoa/(page)/1. Acesso em 3 de maio de 2016.