PORTALRGNUTRI

MODELO DE ROTULAGEM COM ADVERTÊNCIAS FRONTAIS CADA VEZ MAIS PRÓXIMO DO BRASIL

novembro 24, 2017

Está em plena discussão o tema da rotulagem nutricional mais clara para melhor entendimento do consumidor brasileiro. Governo federal, pesquisadores, organizações e indústria de alimentos avaliam diferentes propostas.
Aparentemente está vencendo o modelo que recomenda ícones com advertências na parte frontal das embalagens, ocupando espaço significativo, assim estas informações poderiam competir com outros elementos da embalagem, como cores e desenhos.
No início deste mês (09/11/2017) aconteceu um painel técnico realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), que reforçaram suas recomendações para a adoção de ícones frontais de advertência nutricional na rotulagem de alimentos no Brasil.
Todos as evidências estão indicando que o Brasil provavelmente poderá seguir os passos do método adotado pelos chilenos. Segundo especialistas da OPAS, evidências sustentam a recomendação do uso de ícones de advertência em forma de octógonos com fundo preto e letras brancas, devido a melhor contraste para o olho humano com o objetivo de facilitar a leitura. Os nutrientes sinalizados, ainda segundo a indicação de OPAS, devem ser: açúcar, sódio, gordura saturada, além da sinalização de que o produto contém ou não adoçantes e gordura trans.
Para determinar exatamente os teores de cada um desses nutrientes indicados para os produtos e os produtos que devem ser sinalizados, a OPAS criou um modelo de perfil nutricional em 2016 (Disponível em: http://iris.paho.org/xmlui/bitstream/handle/123456789/18623/9789275718735_por.pdf?sequence=9&isAllowed=y)
Outras organizações, como o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), também apresentam suas propostas de rotulagem, com algumas diferenças em relação à sugestão de OPAS. Para o Idec, por exemplo, o formato de advertência mais adequado seria um triângulo, mais simples e convencional para sinalizar advertências no Brasil.
Resta acompanhar, opinar e aguardar qual será a opção que fará mais sentido para o entendimento do povo brasileiro.

Referência Bibliográfica:
Organização das Nações Unidas. Disponível em: https://nacoesunidas.org/onu-recomenda-que-embalagens-de-alimentos-no-brasil-tenham-advertencia-nutricional-frontal/. Acesso em 14 de novembro de 2017.
Instituto de Defesa do Consumidor. Disponível em: https://idec.org.br/rotulagem. Acesso em 14 de novembro de 2017.