PORTALRGNUTRI

REDESENHANDO OS LIMITES DA NUTRIÇÃO: A ABORDAGEM DOS SISTEMAS ALIMENTARES

dezembro 8, 2017

Nas últimas décadas múltiplos fatores tem repercutido nos sistemas alimentares e o termo vem ganhando destaque e força em discussões multidisciplinares, e muito fortemente na área da saúde. O sistema alimentar vai além da abordagem da causa e efeito de nutrientes no organismo, ele considera a produção, distribuição, beneficiamento, escolhas e comportamento alimentar, desperdício de alimentos e manejo de resíduos.
Recentemente o Painel de Especialistas de Alto Nível (HLPE) e o Comitê Mundial de Segurança Alimentar (CSA) publicaram o Relatório “Nutrição e Sistemas Alimentares”, resumindo as recomendações mais recentes sobre o tema. O objetivo central do documento é analisar como os sistemas alimentares influenciam a alimentação e a nutrição, frisando o papel da alimentação como conector entre sistemas alimentares, saúde e nutrição. O impacto da alimentação nas três dimensões da sustentabilidade – econômica, social e ambiental – também é cada vez mais claro.
Comer passa a ser (com mais força) um ato político, com poder que vai além de nutrir, mas também de modificar a sociedade e o meio.

 

Referências Bibliográficas:
High Level Panel of Experts (HLPE); Comitê Mundial de Segurança Alimentar. Disponível em: http://www.fao.org/fileadmin/user_upload/hlpe/hlpe_documents/HLPE_S_and_R/HLPE_2017_Nutrition-and-food-systems_S_R-EN.pdf. Acesso em 12 de novembro de 2017.
Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/consea/comunicacao/noticias/2017/setembro/seguranca-alimentar-e-garantia-do-investimento-em-sistemas-agro-sustentaveis-exige-vontade-politica-diz-fao. Acesso em 12 de novembro de 2017.