PORTALRGNUTRI

OS MAIORES PRÊMIOS DA GASTRONOMIA

dezembro 15, 2017

Se tem algo que causa agitação no mundo da gastronomia, esse algo é a premiação. E não é por menos, pois, tanto os prêmios gastronômicos locais como os mundiais dão uma grande visibilidade aos restaurantes e aos chefs de cozinha indicados e premiados.
O The Word’s 50 Best é considerado o Oscar da gastronomia. Para realizar as escolhas o prêmio possui o The World’s 50 Beste Academy, um grupo de mais de 1000 membros de diversas regiões, composto por chefs, restaurateurs, escritores de comida e viajantes gourmets. Cada membro realiza 10 votos, sendo até 6 em restaurantes da sua própria região e 4 em restaurantes de outras regiões. Os votos são de acordo com as experiências pessoais de cada membro e não respondem a nenhum critério pré-estabelecido. Em 2017, o D.O.M, do chef Alex Atala, ficou com a 16ª posição no ranking, o único estabelecimento brasileiro na lista dos 50 melhores. Apesar do nome do prêmio, a lista apresenta até os 100 melhores, em que foi indicado o paulista Maní, comandado pela Helena Rizzo e os restaurantes cariocas Lasai, do chef Rafael Costa e Silva e o Olympe, do famoso Claude Troisgrois.
E as estrelas Michelin? O Guia Michelin foi idealizado em 1900, quando viajar de carro era uma aventura. Mas, os irmãos Michelin acreditando no futuro do automóvel, começaram a distribuir gratuitamente aos motoristas um guia vermelho com informações práticas como onde abastecer o carro, onde comer e dormir. Nos anos 20, iniciou-se a classificação dos restaurantes e posteriormente dos hotéis. Em 1931 foi criado os três níveis de estrelas e atualmente, a seleção gastronômica está presente em 28 países. Os inspetores deste guia percorrem os restaurantes avaliando-os através de cinco critérios: a qualidade dos produtos utilizados, a personalidade da cozinha, a técnica de cozimento e a harmonização de sabores, a relação preço e qualidade e, por fim, a regularidade. No Brasil apenas estabelecimentos do Rio de Janeiro e de São Paulo participam da premiação, sendo que nenhum recebeu a maior premiação de 3 estrelas e apenas o D.O.M obteve duas estrelas. Além dos estrelados, o Michelin também aponta os locais Bib Gourmand, aqueles que possuem cozinha de qualidade com preço razoável.
A cada ano novas listas premiadas são lançadas, revelando novos talentos ou cozinhas antes desconhecidas, vale a pena acompanhar!

Referências bibliográficas:

1. The Word’s 50 Best. Disponível em: http://www.theworlds50best.com/. Acessado em 05 de outubro de 2017.

2. Guia Michelin. Disponível em: https://corporativo.michelin.com.br/guia-michelin/. Acessado em 05 de outubro de 2017.