PORTALRGNUTRI

Vegetarianismo em alta no Brasil

julho 13, 2018

Segundo pesquisa do IBOPE Inteligência conduzida em abril de 2018, no Brasil, 14% da população se declara vegetariana, isso é o equivalente a quase 30 milhões de brasileiros que deixam de comer proteína animal, valor que chega a ser maior do que a população de toda a Austrália e Nova Zelândia juntas.

É crescente o interesse por produtos sem ingredientes de origem animal, até mesmo pessoas que não são veganas acabam os consumindo. Aproximadamente 55% dos entrevistados consumiriam mais produtos veganos se estes apresentassem o mesmo preço que produtos convencionais.

O aumento de pessoas que se são consideradas vegetarianas reflete diretamente nas tendências atuais globais, que procuram uma alimentação mais saudável, sustentável e ética. Muitos optam por esse tipo de alimentação através do reconhecimento dos benefícios de uma alimentação vegetariana para a saúde, outros são impulsionados pela preocupação crescente dos impactos de seus hábitos de consumo, como o impacto ambiental negativo da pecuária e a indignação com as condições de vida impostas aos animais usados nos processos de produção.

Seguindo essas tendências, cresce o número de empresas e investidores no setor de proteínas vegetais e de substitutos às carnes, leite e ovos. As estimativas apresentadas na pesquisa do IBOPE revelam que as oportunidades de negócios são também enormes para as empresas e investidores brasileiros atentos a estes dados.

INTELIGêNCIA, Ibope. 14% população se declara vegetariana. 2018. Disponível em: . Acesso em: 21 jun. 2018.