buscar:      

siga-nos:


Alimentação Equilibrada - A Pirâmide Alimentar
Saúde & Qualidade de Vida - Crianças

Uma alimentação saudável pode ser resumida em 3 palavras chaves: equilíbrio, variedade e moderação. Pensando em facilitar o emprego desses princípios, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos criou a Pirâmide alimentar, que divide os alimentos em seis grupos básicos e demonstra a forma mais correta de se alimentar em termos proporcionais.

Os grupos básicos da Pirâmide são -

1. Pães, cereais, massas e arroz

Esses alimentos fornecem carboidratos complexos e são importante fontes de energia. Cereais enriquecidos também fornecem ferro. Devem ser consumidos em várias refeições, já que são os principais fornecedores de energia do organismo. Por exemplo: no café da manhã, entram os cereais ou pães. No almoço e jantar, arroz, macarrão, batata, mandioquinha. Dessa forma, esse grupo acaba entrando naturalmente na alimentação em proporções adequadas.

2. Vegetais

Uma combinação desses alimentos fornecem fibras e inúmeras vitaminas e minerais, inclusive vitaminas A e C, folato, potássio e magnésio. Esses devem entrar nas principais refeições, em forma de saladas, refogados ou incorporados a outros pratos.

3. Frutas

Como os vegetais, as frutas oferecem uma grande variedade de nutrientes, inclusive Beta-caroteno, vitamina C, potássio, fibras. Deve entrar na alimentação em grande variedade, e são boas opções como complementos de lanches, sobremesas e sucos.

4. Leite e derivados

Os laticínios - como leite, queijos, iogurte - são a principal fonte de cálcio, responsável pelo crescimento dos ossos. Também fornecem proteínas, necessárias para o crescimento.

5. Carnes em geral, ovos e feijões

Este grupo fornece a maior parte da proteína da alimentação, as quais são necessária pelo crescimento das crianças. São ainda fontes de vitaminas do Complexo B, ferro, fósforo, magnésio, zinco e outros minerais. Devem ser consumidas nas refeições principais, como almoço e jantar.

6. Alimentos ricos em gordura e açúcar

Este grupo inclui a margarina, manteiga, óleos, açúcar, chocolate e outros alimentos doces ou gordurosos. Uma pequena quantidade de gordura é necessária, por isso as fontes desses alimentos devem ser consumidas em proporções controladas, pois também fazem parte da formação de energia do crescimento, e também da formação hormonal. Porém, por serem altamente calóricas, grandes porções ou o freqüente consumo destes alimentos, inibem o apetite para alimentos mais saudáveis e podem promover a obesidade infantil.