buscar:      

siga-nos:


Comida Japonesa II
Saúde & Qualidade de Vida - Curiosidades

Por ser um “país-arquipélogo”, o Japão retira do mar os principais alimentos que compõem a sua cozinha. Os peixes, as algas e frutos do mar estão presentes em praticamente todos os pratos da culinária japonesa. Já o arroz, outro alimento muito consumido no país, é uma cultura de alta produção em áreas pequenas.

O sushi, a preparação mais típica da culinária japonesa, é justamente uma combinação de arroz com os pescados crus. Apesar de parecer uma combinação estranha e exótica é, na verdade, uma preparação adaptada aos produtos regionais, que caiu nas graças de todo o mundo com a massificação da culinária japonesa.

No século XVIII um cozinheiro chamado Yohei decidiu parar de utilizar o peixe fermentado e passou a oferecer algo parecido com o que conhecemos por sushi. A preparação se tornou muito popular em Osaka, região que na época era a capital comercial do Japão. Era justamente nesta cidade que se reuniam os comerciantes de arroz. Osaka está situada na região de Kansai e ali ficou conhecido o estilo de sushis enrolados em algas, decorados e apresentados de forma alegre e colorida. Já na região de Tókio o estilo era o Edo e cujo melhor exemplo é o nigirizushi, aquele bolinho de arroz coberto com o peixe sem a utilização da alga.

Em meados do século XIX, começou-se a utilizar o vinagre, o wassabi e o gengibre na preparação do sushi, devido a preocupação quanto a manipulação e o consumo dos peixes crus, pois eles tinham fortes poderes antibacterianos. Surgiram assim, os primeiros quiosques que faziam sushi no formato que conhecemos hoje.

Atualmente, a comida japonesa é muito popular mundialmente, não apenas pela sua apresentação e sabor, mas também por ser considerada uma comida muito saudável. Uma das características da cozinha japonesa consiste no preparo dos ingredientes de modo a conservar seu frescor e realçar seu aroma e sabor, inclusive conservando suas cores naturais. Em geral, pode-se dizer que a dieta japonesa é muito saudável pois contém todos os nutrientes necessários em uma refeição e possui alguns alimentos com propriedades muito benéficas ao organismo. Exemplos desses alimentos:

O peixe é uma excelente fonte de proteína e a melhor de ômega 3, um tipo de gordura benéfica para o coração, que reduz o colesterol e a pressão arterial.

A alga possui vitamina C, importante para potencializar o sistema imunológico.

O gengibre utilizado para tempero age como antibiótico, antiinflamatório e forte atividade antioxidante (que combate o envelhecimento das células).

A soja reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue, evitando o acúmulo de placas de gordura nas artérias, e age como um melhorador dos sintomas da menopausa em função do seu teor ótimo de isoflavonas.

Os cogumelos têm ácido glutâmico que auxilia também o sistema imunológico.

O chá verde ajuda no bom funcionamento digestivo, por causa da presença de substâncias chamadas catequinas. Possui ação bactericida e antioxidante e impede a proliferação de células cancerígenas.

Além, um do grande número de hortaliças usadas, cujas fibras fazem muito bem ao organismo, melhorando o funcionando intestinal e controlando os níveis de glicose e colesterol no sangue.

Problemas: a dieta japonesa pode ser deficiente em ferro, já que não tem a carne vermelha, que é a principal fonte de ferro heme. Para conclusão dos pratos, o shoyu é um tempero característico, agregando uma quantidade de sódio elevada a esta refeição. Este sódio, se ingerido em excesso, auxilia na retenção de líquidos.

Confira a seguir as tabelas comparativas dos principais alimentos e preparações da culinária japonesa.

Tabela nutricional dos alimentos utilizados na culinária japonesa:

 

 

Energia
(Kcal) 100g

Proteínas
(g) 100g

Carboidratos
(g) 100g

Lipídeos
(g) 100g

Salmão

116

19,9

0

3,46

Atum

144

23,3

0

4,91

Gengibre

70,83

1,67

15

0,83

Queijo de soja

73

8,1

0,70

4,2

Molho de soja

53,3

6,67

0

0

Soja (cozida)

173

16,6

9,93

8,98

 

Tabela nutricional das preparações utilizadas na culinária japonesa:

 

 

Energia
(Kcal)

Proteínas
(g)

Carboidratos
(g)

Lipídeos
(g)

Sushi Kappamaki
(5 unidades)

132,5

3,5

25,2

1,0

Niguiri sushi
(6 unidades)

57,06

31,86

10,62

14,58

Shitake  (115g)

15,0

2,0

2,0

0

Sashimi  Salmão
(100g)

116

19,9

0

3,46